Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Pronunciamento de Dom Bernardino Marchió sobre transferências e nomeações de Párocos na Diocese


Caruaru, 01 de novembro de 2012

Aos Agentes Pastorais, Paróquias e Comunidades
"O plano de Deus se realiza na fé" (1Tm 1, 4)


Caríssimos Diocesanos:
S. Gregório Magno (Papa e Doutor da Igreja 540-604) escreveu na Regra Pastoral: "Seja o Pastor discreto no silêncio, útil na fala, para não falar o que deve calar, nem calar o que deve dizer. Pois da mesma forma que uma palavra inconsiderada arrasta ao erro, o silêncio inoportuno deixa no erro aqueles a quem poderia instruir".
Alguns eventos eclesiais (50 anos do início do Concílio Vaticano II, Ano da Fé e Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização) exigem da nossa Diocese novos compromissos com o anuncio do Evangelho. Todo o Povo de Deus é chamado a participar da missão de sua Igreja, mas, por causa da Ordenação sacramental, padres e diáconos tem a maior responsabilidade na administração das Paróquias, Comunidades e outras atividades diocesanas.
As decisões que hoje são divulgadas são frutos de várias reuniões com os Conselhos que assessoram o Bispo e com Leigos e Leigas ouvidos em várias ocasiões. Sempre se corre o risco de errar porque ninguém é dono do Espírito Santo, nem o Bispo! Existe a perspectiva de alegrar alguém e decepcionar outros. No entanto a Diocese está nas mãos de Deus e quem a dirige é Jesus, o Bom Pastor. Nele nós confiamos! Na força do Espírito Santo e com a proteção da Mãe das Dores entenderemos que as mudanças fazem bem aos Padres e aos Paroquianos.
Critérios e princípios gerais que orientam as nomeações:
• A valorização das aptidões e carismas de cada padre para melhor atender as necessidades da Diocese
• Os Ministros Ordenados estão a serviço da Igreja em todas as suas dimensões e necessidades: as mudanças favorecem a exigência da Igreja de renovar as suas estruturas "passando de uma pastoral da conservação para uma ação decididamente missionária"
• O parecer maduro dos Presbíteros que fazem parte dos Conselhos e dos Leigos/as que devem participar "do discernimento, da tomada de decisões, do planejamento e da execução" (DAp n. 371) do projeto pastoral diocesano.
• As novas exigências da evangelização: pastoral urbana, mídia, novos grupos sociais, cultura, vida e família, juventude, globalização, promoção da dignidade humana etc.

Situações concretas que exigem as transferências:
• Renúncias de alguns padres aos seus respectivos cargos (Mons. Olivaldo Pereira/ Paróquia Nossa Senhora das Dores em Caruaru; Mons. Geraldo Spósito/Paróquia São José em Bezerros e Pe. Luis Amaro/Paróquia N. S. da Conceição em Riacho das Almas)
• Retorno à Diocese de Padres diocesanos que estavam em outras missões: Pe. João Paulo de Araújo Gomes (Roma), Pe. Eronildo Cruz (Roma), Pe. Roberto Ribeiro (Diocese de Floresta), Pe. José Izael Evaristo Torres (São Paulo)
• Criação da nova Paróquia de Nossa Senhora das Graças em Gravatá e da Área Pastoral de Encruzilhada de São João (Bezerros)
Nomeações para as necessidades pastorais das Paróquias:
Mons. José Heleno dos Santos, atualmente Pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel em Santa Cruz do Capibaribe, é nomeado Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores (Catedral de Caruaru).

Pe. Joselito Gomes da Silva, atualmente Pároco de Sant´Ana em Gravatá,é nomeado Pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel em Santa Cruz do Capibaribe.


Pe. João Paulo de Araújo Gomes é nomeado Pároco da Paróquia de Sant´Ana em Gravatá tendo como Vigários Paroquiais e Administradores das Áreas Pastorais e da Canção Nova os Padres: Mário Alves de Torres, Edmilson José dos Santos e Belmiro Humberto dos Santos e Gilvan Ananias

Pe. Paulo Fernando Costa é nomeado 1º Pároco da nova Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Gravatá, a ser criada no dia 25 de novembro de 2013.


Pe. Luciano Monteiro, atualmente Pároco de São Sebastião em Bezerros é nomeado Pároco de Nossa Senhora do Ó em Altinho

Pe. Luis Antônio da Silva Filho, atualmente Administrador da Paróquia São Francisco de Assis em Caruaru é nomeado Pároco de São José em Bezerros


Pe. Manoel Francisco Xavier (Pe. Bianchi), atualmente Pároco de Nossa Senhora Aparecida em Caruaru é nomeado Pároco de São Sebastião em Bezerros

Pe. Eronildo Manoel da Cruz é nomeado Pároco de São Francisco de Assis (Caruaru)


Pe. José Adeildo de Santana Oliveira é nomeado Administrador Paroquial de Nossa Senhora da Conceição em Riacho das Almas

Pe. Roberto Ribeiro da Silva (atualmente na Diocese de Floresta) é nomeado Administrador Paroquial de Nossa Senhora Aparecida em Caruaru


Mons. Geraldo Spósito de Lima: Reitor da Igreja de São Pedro em Bezerros

Pe. Luis Amaro da Silva: Vigário Paroquial de S. Antônio em Agrestina.


Pe. Heleno José Vieira: Cooperador da Área Pastoral do Alto do Moura

Pe. José Isael Evaristo Torres: Vigário Paroquial das Paróquias de Bonito residindo em Alto Bonito


Pe. José Osvaldo Cunha: Vigário Paroquial das duas Paróquias de Bezerros e Administrador da Área Pastoral de Encruzilhada de São João (Bezerros)

No mês de dezembro serão ordenados três novos sacerdotes diocesanos:

Pe. Adenilton Moisés: missionário "Fidei Donum" (dom da fé) na Diocese de Óbidos

Pe. Augusto Fagnê Araruna Paixão: Responsável Setor Diocesano da Juventude e Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Monte Carmelo (Caruaru)


Pe. Emanuel Rodrigues: OVS, Comissão Diocesana Vocações e Ministérios; pastoral do Seminário Diocesano. Vigário Paroquial das Paróquias São José e Nossa Senhora da Assunção (Caruaru)
Os padres aqui não elencados permanecem nos respectivos cargos. As transferências acontecerão a partir de janeiro de 2013, conforme as necessidades de cada paróquia.
Até o fim de novembro serão comunicadas outras nomeações sobretudo para as coordenações diocesanas e serviços pastorais dos padres e diáconos permanentes.
De coração agradeço a disponibilidade dos nossos padres que, colocando as suas capacidades a serviço da Igreja, se tornam um exemplo para todos os diocesanos e fazem do seu sacerdócio um sinal de entrega ao Povo de Deus.
Que Jesus, o Bom Pastor, fortaleça a todos e renove o coração de cada um!

Dom Bernardino Marchió - Bispo




Postar um comentário

Planeta Brasileiro