Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Conferência no Vaticano abordará a Evangelização nos hospitais



Vatican.va
O tema deste encontro, "O Hospital, lugar da evangelização: missão humana e espiritual", foi escolhido pelo próprio Papa Bento XVI.
O Pontifício Conselho para a Pastoral no Campo da Saúde promove de 15 a 17 de novembro, no Vaticano, sua XXIII Conferência Internacional. O tema deste encontro, "O Hospital, lugar da evangelização: missão humana e espiritual", foi escolhido pelo próprio Papa Bento XVI.
Na manhã desta terça-feira, 13, uma coletiva de imprensa mediada pelo porta voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi, apresentou o evento. A coletiva contou com a presença de autoridades do departamento da Igreja responsável pelos agentes de saúde, em seus discursos um denominador comum: “O hospital é lugar privilegiado para a nova evangelização!”

A conferência apresentada reforçará aos especialistas e representantes das mais de 120 mil estruturas sanitárias católicas presentes em todo o mundo, a responsabilidade da Igreja para com o respeito à vida, à humanização dos cuidados médicos e à realidade dos cuidados paliativos.

O presidente do Hospital Pediátrico Bambino Gesù, de Roma, professor Giuseppe Profiti, também participou da coletiva. O professor destacou que a mensagem de Jesus, que pediu para que se cuidasse dos doentes, tem dois mil anos, mas, no entanto, é atual. Ele considerou que o hospital vai além do edifício, mas precisa ser casa, precisa de cuidado humano e assinalou ainda a existência de tantas doenças causadas por comportamentos e estilos de vida. Para ele, o hospital assume, assim, a responsabilidade de portar valores e princípios.

O evento acontece no contexto do Ano da Fé e do Sínodo dos Bispos, concluído no dia 28 de outubro.



"O doente deve redescobrir a fé neste momento muito delicado da sua vida. Tantas vezes os doentes que chegam nos hospitais estão distantes de Deus, da Igreja, de Cristo. O momento do sofrimento é um momento para repensar. Assim, os capelães, os médicos, os enfermeiros devem ajudar a abrir o coração dos doentes rumo ao céu! O Santo Padre, o Papa Bento XVI, no Dia Mundial dos Doentes, este ano, falou dos sacramentos como remédios para a cura, referindo-se à penitência, à unção dos enfermos e à Eucaristia celebrada nos hospitais quase todos os dias", afirma Dom Zygmunt Zimowski, presidente do Pontifício Conselho para a Pastoral no Campo da Saúde.

Outro evento relacionado à medicina se aproxima em Roma. Trata-se do Congresso Internacional para médicos católicos que acontecerá de 15 a 18 de novembro.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro