Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Cardeal cubano: "Fé deve caminhar ao lado da razão"



“Esta é a nossa fé” é o título da carta pastoral do Cardeal Jaime Ortega Alamino, Arcebispo de Havana, para o Ano da Fé, em que reflete sobre as necessidades neste momento da história de Cuba, abordando o tema da fé do povo em Cristo.

A carta foi lida aos fiéis durante a celebração eucarística de abertura do Ano da Fé, na Catedral de Havana. No texto o cardeal cubano analisa algumas causas da atual crise ética no mundo, assinalando que diante da ausência de referências a Deus, o homem de hoje se encontra só, diante de sua consciência e em meio a um mundo deturpado pelo relativismo. 

O cardeal insiste na necessidade de que a fé seja acompanhada pela razão, pois caso contrário, seria um “fideísmo voluntário”, o que se vê hoje em grupos que utilizam a religião para encorajar a violência e o terror, ou em seitas fanáticas. 

Em Cuba, onde a fé em Jesus Cristo foi perseguida e silenciada – escreve o arcebispo de Havana – é importante para o cubano, que vive em meio à incerteza e à frustração, poder realizar o encontro com Deus. “O papel do cristianismo é fazer com que o homem e a mulher alcancem a felicidade pessoal e contribuam para edificar um mundo integralmente melhor”. 

Dom Jaime Ortega encoraja os fiéis a empreender a Nova Evangelização, “dirigida aos católicos de todas as comunidades” e recorda que “o encontro com Jesus é sempre transformador, já que a pessoa muda de perspectiva e de mentalidade, para renascer”.

Fonte: Rádio Vaticano
Postar um comentário

Planeta Brasileiro