Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

terça-feira, 5 de abril de 2011

Vaticano debate piedade popular e evangelização na América Latina


“A incidência da piedade popular no processo de evangelização da América Latina” é o tema da Assembleia Plenária Anual da Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL). O encontro acontece entre os dias 5 e 8 de abril, no Vaticano, e contará com a participação de 40 membros e consultores, bispos convidados e responsáveis da pastoral de piedade popular e santuários.
O objetivo geral é refletir sobre o significado e a dimensão da piedade popular nos cinco séculos de presença do cristianismo no continente e elaborar as recomendações pastorais que contribuam para a proteção e purificação da devoção coletiva, no contexto da Missão Continental que atualmente se realiza em todas as dioceses da região, como elemento fundamental no processo de nova evangelização.
A Plenária espera cooperar na revalorização da piedade popular como instrumento eficaz de encontro pessoal e comunitário com Cristo, para que o Senhor Jesus, Caminho, Verdade e Vida, seja reconhecido, aceito e amado por todos os batizados, segundo explica uma nota da Comissão.
Entre os objetivos específicos da Assembleia inclui-se a exposição detalhada das práticas de piedade popular na América Latina, com a particularização dos desvios e mudanças que ocorreram ao longo do tempo, bem como a apresentação de expressões de religiosidade popular que obstaculizam a evangelização, de modo que se possa deter sua influência e propagação entre os católicos.
Igualmente, está prevista a elaboração de recomendações pastorais concretas para que a piedade popular – considerada por Bento XVI como tesouro precioso da América Latina – confirme os batizados em sua fé e em sua pertença à Igreja Católica, conduzindo-os a uma viva e autêntica vida sacramental. Durante os trabalhos, também serão oferecidos critérios e caminhos de ação estabelecidos pelo magistério da Igreja em matéria de piedade popular, com o fim de obter úteis orientações da assembleia e posterior elaboração de conclusões.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro