Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Encontro Regional da Juventude e Adolescência Missionária desperta diocese de Tocantinópolis para a missão


erjam_araguaina“Foi um evento que despertou nossa Igreja e animou as pessoas da cidade de Araguaína; há muito tempo não se via um evento tão animado pelo espírito missionário e juvenil aqui na diocese de Tocantinópolis”. Foi a avaliação que o bispo da diocese de Tocantinópolis (TO), dom Giovane Pereira Melo, fez após o 8º Encontro Regional da Juventude e Adolescência Missionária (8º Erjam), que aconteceu em Araguaína (TO), entre os dias 8 e 10 de abril.
O evento reuniu mais de 300 jovens do Regional Centro-Oeste da CNBB (Distrito Federal, Goiás e Tocantins) e discutiu o lema da Campanha da Fraternidade 2011, “A criação geme em dores de parto”, (Rm 8,22) e o lema do próprio encontro. “Conhecer Jesus Cristo é nossa alegria, segui-lo é uma graça, anuncia-lo é nossa missão (DAp 18)”.
Dom Giovane, que participou do encontro durante todo o fim de semana, elogiou a disposição e alegria dos jovens que, apesar de muitos viajarem mais de 1.200 quilômetros de ônibus, para participar do encontro, demonstraram o espírito missionário no evento. “Foi uma graça para nossa diocese receber tantos jovens de fora e poder ver no rosto de cada um o espírito missionário e a abnegação; a diocese de Tocantinópolis vivenciou um momento rico que fortaleceu nossas pastorais, principalmente o Setor Juventude”, disse, contente, o prelado.O secretário nacional da Juventude Missionária, padre Marcelo Gualberto, também avaliou positivamente o encontro. Ele destacou a integração entre os jovens e a disposição das comunidades acolhedoras. “Os jovens realmente abraçaram o espírito missionário durante o encontro, pois, mesmo longe de casa, eles souberam participar e vivenciar o momento com outros jovens e com as comunidades; eles mostraram desapego e humildade para participar do evento. As comunidades acolhedoras também estão de parabéns por ter nos recebido tão bem no Erjam”, sublinhou o secretário.
Para a anfitriã do encontro, a assessora da Juventude Missionária na diocese de Tocantinópolis, Dores Lúcia, este foi o melhor Erjam que já aconteceu até hoje. “A cada ano o evento fica mais rico e este, sem dúvida, foi o melhor. A Igreja de Tocantinópolis ainda não tinha visto um encontro como esse da Juventude Missionária e foi bom porque pudemos aproveitar para lançar o espírito missionário em nossa Igreja particular e a JM, apesar de ser pouco conhecida na diocese, agora foi muito bem divulgada e as pessoas sabem quem nós somos”, destacou Lúcia. A jovem frisou ainda que um passo importante foi dado na diocese de Tocantinópolis para desenvolver o espírito da Juventude Missionária na Igreja local. “A criação de grupos da Juventude Missionária em todas as paróquias da diocese já está presente no Plano de Pastoral 2011 e isso é muito bom porque vamos crescer a partir de agora”, comemorou a coordenadora.
A jovem Eline da Conceição, 17, do município de Araguaína, pela primeira vez na organização do encontro regional, disse que a experiência foi única e que os objetivos esperados foram alcançados. “Pela primeira vez participei da equipe organizadora do Erjam e foi uma experiência muito interessante que alcançou seus objetivos porque conseguimos fazer aquilo que prevíamos: trocar experiências, visitar as comunidades, e discutir temas de importância universal como o meio ambiente”, avaliou a jovem.
Os visitantes Thais Duarte Queiroz, 22, coordenadora da JM de Brasília; e o jovem Antônio Carlos Gomes, coordenador da Juventude Missionária de Goiânia, também gostaram do 8º Erjam de Araguaína. “Foi um aprendizado rico e a troca de experiências, mais uma vez, foi um dos pontos fortes do evento. Eu destaco também o tema da CF-2011, que, sem dúvida, despertou os jovens para a conscientização ambiental”, avaliou Antônio. “Foi muito bom conviver aqueles dias em Araguaína. Eu fiquei com minha comunidade num bairro simples do município, mas muito acolhedor que me fez sentir muito bem. O tema da Campanha da Fraternidade também foi importante porque fez os jovens pensarem que não somente as empresas, mas todas as pessoas devem cuidar do planeta”, completou a brasiliense Thais.
O 9º Encontro Regional da Juventude Missionária (9º Erjam) está marcado abril de 2012 (após a Páscoa). O evento vai ser realizado na diocese de Luziânia (GO). Os jovens da diocese já levaram a bandeira do Erjam para a sua cidade. A partir de agora eles dão início aos preparativos do encontro.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro