Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

terça-feira, 12 de abril de 2011

JPII TERÁ MEMÓRIA LITÚRGICA EM 22 DE OUTUBRO

Cidade do Vaticano, 12 abr (RV) - A Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos emitiu ontem um decreto regulamentando o culto litúrgico reservado ao futuro beato João Paulo II.

Após a sua beatificação, em 1º de maio próximo, no Vaticano, João Paulo II terá sua memória celebrada na Diocese de Roma e nas dioceses da Polônia no dia 22 de outubro – dia em que inaugurou seu pontificado, em 1978.

As autoridades religiosas não concederam o “culto universal”, ou seja, a veneração em todas as igrejas do mundo, como ocorre com os santos, apesar da solicitação feita pelo Vicariato, no início do processo de beatificação.

Ser proclamado beato é o terceiro passo no caminho da canonização. O primeiro é Servo de Deus, o segundo venerável, o terceiro beato e o quarto santo. Para ser santo é necessário comprovar que interveio em dois milagres.

Falecido em 2 de abril de 2005, João Paulo II será beatificado no prazo recorde de seis anos e um mês.
(CM) 
Postar um comentário

Planeta Brasileiro