Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

domingo, 23 de dezembro de 2012

Ser amado te capacita a amar!


   Se alguém me perguntasse o que de melhor me aconteceu em toda minha vida, sem dúvida responderia que a melhor coisa que me aconteceu foi descobrir que sou amado. Um dos males que tem causado tanta destruição na contemporaneidade, sem dúvida é a falta de amor. A máxima que hoje é tantas vezes repetida, “é preciso amar como se não houvesse amanhã” é na maioria das vezes ignorada até mesmo pelos que a proferem.  Afinal, é mais importante amar ou se sentir amado?
                        Arrisco dizer que mais vale ao homem se sentir amado. Não se trata de um pensamento egoísta, de forma alguma. Mas descobrir que você é amado te capacita a amar. Só conseguimos doar o que temos, só podemos ensinar o que aprendemos, só podemos transmitir o que de alguém recebemos. O amor tem a capacidade de nos trazer à vida cotidianamente, quando por vezes nossas limitações e fraquezas nos cansam e nos fazem desfalecer nos sepulcros da vida. Inúmeras pessoas hoje vivem como se não existissem. Acorrentadas aos próprios fracassos e quedas, tornam-se pessoas depressivas, amarguradas, dispostas até a cometer suicídio. Desejosas por uma palavra amiga, um conforto, um simples “calma, eu estou aqui”. É bonito quando percebemos que alguém te ama não pelo que somos ou fizemos, porque o amor independe de méritos.
                        Alguém sempre me repetia isso, “amor é decisão”! Realmente! Hoje mais que nunca percebo isso. Sobretudo quando me deparo com minha realidade, meus fracassos, minhas percas, minhas fraquezas e debilidades, minhas limitações e defeitos e ainda assim, no cotidiano de minha vida descubro que sou amado. Só então encontro forças pra levantar e seguir. Nisso consiste a beleza do amor de Deus. Ele nos elege!
                        Por sermos eleitos temos a capacidade de eleger a outros. O amor é um exercício que precisa ser praticado a todo o momento, mas só conseguem colocá-lo em prática aqueles que descobriram que são amados. Deus te ama!

Por - Ivo Filho
Blog Traços do Eterno
Postar um comentário

Planeta Brasileiro