Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Conselho Missionário Regional de Mato Grosso do Sul realiza sua Assembleia Anual


Comireoeste12012Com a presença de representantes das sete dioceses do Mato Grosso do Sul, que compõem o Regional Oeste 1 da CNBB, 18 participantes realizaram a Assembleia anual do Conselho Missionário Regional, nos dias 07 a 09 de dezembro, na sede do Instituto de Teologia da arquidiocese de Campo Grande. Todas as atividades de assessoria foram desenvolvidas pelos assessores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, irmã Dirce Gomes da Silva, assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial e padre Sidnei Marco Dornelas, assessor da Comissão Episcopal para a Missão Continental.
Após ouvir a experiências da caminhada Missionária das dioceses presentes, padre Sidnei iniciou as reflexões, partindo da apresentação da memória do 3º Congresso Nacional Missionário. No centro do debate esteve a realidade atual da Igreja, com os desafios da “mudança de época” e as propostas de Aparecida, que ganharam forma no projeto da Missão Continental.
Tendo como pano de fundo as perspectivas de ação das urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil, se realizou um diálogo sobre como, na prática, colocar as Igrejas Locais do Regional em estado permanente de missão.
Assim, dentre as grandes frentes missionárias destacadas estão a expansão do agro-negócio, o êxodo rural, as muitas questões ligadas às fronteiras. Foram lembrados desafios da missão frente à realidade indígena, nos seus territórios, em meio às suas carências e conflitos, mas também nas cidades. Foi ressaltado que Campo Grande possui a segunda maior população indígena urbana do país.
Apesar das dificuldades de organização e estruturação, existe em todas as Dioceses um grande esforço pela setorização das Paróquias, pelas iniciativas de missão popular e pastoral da visitação, e criação de pequenas comunidades.
Irmã Dirce Gomes da Silva partindo das DGAE apresentou a organização Missionária da Igreja do Brasil, e refletindo o objetivo Geral da Ação Evangelizadora, mostrando a partir de Cristo por onde os Conselhos Missionários COMIRE, COMIDI E COMIPAS podem seguir o caminho, de uma verdadeira animação Missionária. Além disso, respondeu muitos questionamentos e esclareceu dúvidas sobre a organização, estruturas e funcionamentos dos diversos Conselhos Missionários.
Na avaliação final, os participantes expressaram sua alegria pela presença e o testemunho dos assessores da CNBB, destacaram como positivo a partilha de experiência, o renovado ardor missionário  e o reafirmar a missão. Todavia, sentiram a falta de mais participantes.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro