Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sábado, 7 de maio de 2011

"Cristo deve ser medida da nossa vida", diz Papa a guardas suíços


Montagem sobre fotos / Arquivo
Guarda Suíça é responsável pela segurança pessoal do Papa. Pontífice recebeu o Corpo da Guarda por ocasião do juramento de 6 de maio
Os novos recrutas da Guarda Suíça Pontifícia fizeram seu juramento na manhã desta sexta-feira, 6. Após a cerimônia, eles e seus familiares foram recebidos em audiência pelo Papa Bento XVI, na Sala Clementina do Palácio Apostólico Vaticano, às 12h (hora local).

O Papa expressou sua alegria por encontrar-se com os novos recrutas, que decidiram dedicar alguns anos da sua juventude ao serviço do Sucessor de Pedro. A presença dos pais e amigos, na opinião do Pontífice, expressa não somente os laços entre os católicos suíços e a Santa Sé, mas também o ensinamento, educação moral e bom exemplo, através dos quais é transmitido aos filhos a fé cristã e o sentido do serviço desinteressado.

O Santo Padre convidou todos os guardas, tanto recrutas quanto os que renovaram o próprio juramento, a pensar no rosto luminoso de Cristo, que chama a serem autênticos homens e verdadeiros cristãos, protagonistas da própria existência. "sua paixão, morte e ressurreição são uma eloquente lembrança a afrontar com consciente maturidade os obstáculos e os desafios da vida. Somente Ele é a Verdade, o Caminho e a Vida. Ele deve se tornar, cada dia mais, o parâmetro da nossa vida e do nosso comportamento, assim como Ele escolheu a plena e total fidelidade à missão de salvação confiada a Si pelo Pai, como medida e fulcro da sua vida".
Sobre o passado glorioso da Guarda, Bento XVI lembrou o famoso "Saque de Roma" – acontecimento no qual 147 guardas suíços deram a própria vida em defesa do Papa, em 6 de maio de 1527, de onde vem a tradição da data do juramento. No entanto, o Papa também fez um alerta sobre um outro tipo de "saque", ao qual particularmente os jovens são ameaçados.

"A recordação daquele saque terreno deve fazer refletir que existe também a ameaça de um saque mais perigoso, aquele que podemos definir de espiritual. No atual contexto social, muitos jovens arriscam-se, de fato, a cair em um empobrecimento progressivo da alma, porque perseguem ideais e perspectivas de vida superficiais, que preenchem somente necessidades e exigências materiais", salientou.

O Bispo de Roma convidou os novos guardas a desfrutarem da melhor maneira possível o tempo passado na cidade, rica de história, cultura e fé, oportunidade de ampliar os horizontes, especialmente o espiritual, bem como a ter uma vida exemplarmente cristã. Ele agradeceu aos novos recrutas pela escolha de colocar-se à disposição do Sucessor de Pedro por algum tempo, contribuindo para garantir a ordem necessária e a segurança no interior da Cidade do Vaticano. Da mesma forma, Bento XVI reconheceu o trabalho de todo o Corpo da Guarda Suíça, que possui, entre outras, a missão de acolher com cortesia e gentileza os peregrinos e visitantes no Vaticano.

"Queridos amigos, o vosso serviço é mais do que nunca útil para o tranquilo e seguro desenvolvimento da vida cotidiana e das manifestações espirituais e religiosas da Cidade do Vaticano. A vossa significativa presença no coração da cristandade, onde multidão de fiéis chegam sem parar para encontrar o Sucessor de Pedro e para visitar os túmulos dos Apóstolos, suscite sempre mais em cada um de vós o propósito de intensificar a dimensão espiritual da vida, bem como o compromisso em aprofundar a vossa fé cristã, testemunhando-a alegremente com uma coerente conduta de vida. Asseguro-vos a minha fervorosa oração e, de coração, concedo a vós e a quantos vos acompanham nesta singular circunstância a Bênção Apostólica", finalizou.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro