Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Novos Cardeais da Igreja



Rádio Vaticano – Serão dezesseis os novos cardeais, provenientes de doze diferentes países, que Papa Francisco criará no Consistório de 22 do próximo mês de fevereiro, festa da Câtedra de São Pedro. A comunicação foi feita pelo próprio Papa, no final do encontro com os fiéis na Praça de São Pedro, para a recitação do Angelus….
D. Pietro Parolin, italiano, Secretário de Estado
D. Lorenzo Baldisseri, italiano, Secretário Geral do Sínodo dos Bispos
D. Gerhard Ludwig Muller, alemão, arcebispo emérito de Regensburg, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé
D. Beniamino Stella, italiano, Prefeito da Congregação para o Clero
D. Vincent Nichols, arcebispo de Westminster, Inglaterra
D. Leopoldo Solorzano, arcebispo de Manágua, Nicarágua
D. Gérald Lacroix, arcebispo de Québec, Canadá
D. Jean –Pierre Kutwa, arcebispo de Abidjão, Costa do Marfim
D. Orani Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, Brasil
D. Gualtiero Bassetti, arcebispo de Perugia, Itália
D. Mario Aurelio Poli, arcebispo de Buenos Aires, Argentina
D. Andrew Yeom Soo Jung, arcebispo de Seul, Coreia
D. Ricardo Andrello, arcebispo de Santiago do Chile
D. Philippe Ouédraogo, arcebispo de Ouagadougou, Burkina Faso
D. Orlando Quevedo, arcebispo de Cotabato, Filipinas
D. Chibly Langlois, bispo de Les Cayes, Haiti
A estes 16 novos cardeais, o Santo Padre quis unir também ao Colégio Cardinalício três arcebispos eméritos, que – disse – se distinguiram pelo seu serviço à Santa Sé e à Igreja:

Mons. Loris Capovilla, de 98 anos, que foi secretário pessoal do Papa João XXIII
D. Fernando Sebastian Aguillar, arcebispo emérito de Pamplora, Espanha
D. Kelvin Felix, arcebispo emérito de Castries, Jamaica
Ao dar este anúncio, Papa Franscico recordou que na sua diversidade de origens, os novos cardeais “representam a profunda relação eclesial entre a Igreja de Roma e as outras Igrejas dispersas pelo mundo”.

Pediu também orações pelos novos purpurados, “para que revestidos das virtudes e dos sentimentos do Senhor Jesus, Bom Pastor, possam ajudar mais eficazmente o Bispo de Roma no seu serviço à Igreja universal.

Fonte: BLOG CATÓLICO COM MUITO ORGULHO.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro