Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Mons. Eraldo Bispo da Silva é ordenado Bispo


No dia 27 de dezembro de 2012, na Praça São João Batista, diante da Catedral de Barreiras, às 17h00, Festa de São João Evangelista, realizou-se a Concelebração Eucarística e a Ordenação Episcopal de Monsenhor Eraldo Bispo da Silva, membro do presbitério da Diocese de Barreiras, nomeado Bispo Diocesano de Patos, Província Eclesiástica da Paraíba, pelo Papa Bento XVI, no dia 7 de novembro de 2012. A cerimônia começou com as boas vindas do Bispo Diocesano de Barreiras, Dom Josafá Menezes da Silva. Dom Josafá registrou a presença dos Bispos: Dom Geraldo Majella Agnelo, Arcebispo Emérito de São Salvador da Bahia, dos Arcebispos de Feira de Sant’Ana, Dom Frei Itamar Vian e de Goiânia, Dom Washington Cruz, dos Bispos:  Dom José Geraldo da Cruz, Bispo de Juazeiro, Vice-Presidente do Regional NE 3; Dom Frei Luis Flávio Cappio, Bispo de Barra e Referencial para Região Pastoral do Oeste; Dom Tommaso Cascianelli, Bispo da Diocese de Irecê, Dom Ricardo Brusati, Bispo de Caitite, Dom Waldemar Passini Dalbello, Bispo Auxiliar de Goiânia e Dom Manoel Delson, Bispo de Campina Grande – Paraíba. 
Dom Josafá acolheu também o Administrador Diocesano de Patos, Padre José Ronaldo, os padres, os diáconos, os seminaristas e os fiéis que vieram de Patos e da Paraíba. Presentes padres das Dioceses de Barra, Irecê, Bom Jesus da Lapa, Caitité, Goiânia, Salvador, Campina Grande e outros. A cerimônia contou também com a presença do Padre Geraldo Lang, até março de 2012, pároco da Paróquia São Sebastião de Barreirinhas, hoje no Mosteiro de Kremsmunster, Áustria, onde estão os restos mortais de Dom Ricardo Webergerger, o 1º Bispo de Barreiras. Diáconos, Religiosos e Religiosas, Seminaristas, Agentes de Pastoral, e uma multidão de fieis participaram dos ritos. Foi lida a Bula Pontifícia, feitas as promessas e declarações do ordenado, rezada a Ladainha de Todos os Santos, a Imposição das Mãos, a Prece de Consagração, a Unção com Óleo do Crisma e depois os ritos explicativos: entrega do anel, do solidéu, da mitra e do báculo. Depois disso Dom Eraldo foi acolhido pelos bispos presentes. O rito da missa prosseguiu com Apresentação das Ofertas, Comunhão e depois as palavras finais: Pastor Ferraro pelas Igrejas Cristãs de Barreiras, o Padre José Ronaldo pela Diocese de Patos e Dom Eraldo Bispo da Silva fez o seu primeiro discurso terminando com os agradecimentos. 

Monsenhor Eraldo Bispo da Silva foi ordenado Bispo e constituído, assim, membro do Colégio Episcopal da Igreja Católica Apostólica Romana. A Igreja Particular de Barreiras e toda a assembléia presente exultaram em ação de graças pela dádiva de Deus na pessoa de Dom Eraldo Bispo da Silva, que, a partir de agora, se entrega inteiramente ao Ministério Apostólico, à frente da Igreja Particular de Patos.

Monsenhor Eraldo Nasceu em 13 de agosto de 1966 na cidade de Monteiro-PB, é 0 6º de oito filhos do casal Sr. Pedro Moreira da Silva e dona Maria José Bispo Moreira.  Viveu de 1986 – 1992 no Seminário São João Maria Vianney em Goiânia-GO no período de formação , foi ordenado Diácono em 04 de agosto de 1992 em Barreiras-BA ordenado Presbítero em 24 de abril de 1993 em sua cidade natal Monteiro na Paraíba. 

Dom Eraldo escolheu como Lema Episcopal: Apascenta minhas ovelhas ((Jo. 21,17. Consciente do chamado de Cristo por meio da Igreja, Dom Eraldo diz que confia na Graça de Deus para assumir a missão a ele confiada. O tradicional rito de prostrar-se, durante a ordenação foi marcado de emoções para os familiares e amigos de Dom Eraldo.

PROSTAR-SE nesta hora é dizer a Deus: “Sou seu”! Aqui estou, faça-se em mim segundo a tua vontade. Essa é a terceira prostração na ordenação episcopal. Por isso se fala que o episcopado é o terceiro grau da ordenação que unge o servo que se põe a serviço do Reino de Deus. Diaconato (1º), Sacerdócio (2º) e Episcopado (3º). 

O Bispo é sucessor dos primeiros apóstolos. É continuador dos ensinamentos, da santificação e do governo da Igreja. 

“O Bispo aparece, assim, no vértice da hierarquia ministerial, diferente nos seus três graus de intensidade do único sacerdócio. A distinção entre esses graus e o sacerdócio dos fiéis toca à essência mesma. A teologia pós-conciliar nada mais fez do que desenvolver a perspectiva do ministério, sobretudo do Bispo, como expressão do sacerdócio de Cristo, que vive e intercede por nós na glória do Pai”. Afirmou Dom Geraldo Majella em sua homilia.

Fonte: Pascom da Diocese de Barreiras 
Postar um comentário

Planeta Brasileiro