Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

A messe do Senhor


A messe do Senhor

A missão nos impele a partir
E vencer da fronteira o limite
Pois o arauto não cessa de ouvir
De Jesus o ardoroso convite:
“Também vós, de manha ou à tardinha
Ide todos trabalhar na minha vinha!”

Inflamados de ardor missionário
Os chamados cultivam a messe
Do Senhor, o primeiro operário
Pois assim o seu Reino Floresce!
“Também vós, de manha ou à tardinha
Ide todos trabalhar na minha vinha!”

Vocação tem por nome um serviço
Aos eleitos de Deus confiado
Ninguém pode tornar-se omisso
De amor a tão nobre chamado.
“Também vós, de manha ou à tardinha
Ide todos trabalhar na minha vinha!”


Vale a pena dizer “SIM” à proposta
Do ideal que ilumina nossa história
E, na vida, ir tecendo a resposta
De quem luta e conquista a vitória!
“Também vós, de manha ou à tardinha
Ide todos trabalhar na minha vinha!”


Gente brava, nativa ou migrante
Quer do norte, do sul ou nordeste
Sonha alto, na luta incessante
De tornar este chão mais celeste!
“Também vós, de manha ou à tardinha
Ide todos trabalhar na minha vinha!”

Frei Francisco Costella, OFMCap.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro