Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Papa Bento XVI abençoa as redes sociais



O Papa Bento XVI deu a sua bênção às redes sociais mas alertou que não podem substituir o contacto humano verdadeiro. No Dia Mundial das Comunicações da Igreja Católica, comemorado na passada segunda-feira, o pontífice enviou uma mensagem escrita aos cristãos, em que reconhece as vantagens das redes sociais e aprova a sua utilização.
"Gostaria de convidar os Cristãos, confiantes, informados e com uma criatividade responsável, a juntarem-se à rede de relações que a era digital tornou possível", escreveu Bento XVI na mensagem intitulada "Verdade, Proclamação e Autenticidade da Vida na Era Digital", segundo arevista Time .
O Papa pede aos utilizadores das redes sociais que sejam abertos e honestos nas suas comunicações e avisa-os a não confundir as amizades online com amizades mais profundas e duradouras. "É importante ter sempre presente que o contacto virtual não consegue e não deve tomar o lugar do contacto humano direto com as pessoas a todos os níveis da nossa vida", acrescentou o pontífice.
Bento XVI, 83 anos, não tem página pessoal no Facebook, nem Twitter, mas o Vaticano utiliza as redes sociais para transmitir mensagens do Papa através do site oficial, Pope2you , que liga os utilizadores a páginas do YouTube e do Facebook e até disponibiliza uma aplicação para o iPhone.




Postar um comentário

Planeta Brasileiro