Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

João Paulo II: Preparativos para a beatificação já decorrem no Vaticano



    O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, confirmou hoje que estão a decorrer obras na Basílica de São Pedro tendo em vista a beatificação de João Paulo II, no próximo dia 1 de Maio.
Falando aos jornalistas, após o anúncio oficial da cerimónia, o director da sala de imprensa da Santa Sé mostrou-se confiante de que os três meses e meio que faltam para a celebração serão suficientes para “preparar a cidade de Roma para acolher os numerosos peregrinos que vão querer estar presentes”.
Bento XVI aprovou hoje a publicação do decreto que comprova um milagre atribuído à intercessão de João Paulo II (1920-2005), concluindo assim o processo para a sua beatificação.
Por tradição, os restos mortais dos Papas beatificados são transferidos da cripta, onde estão enterrados, para o andar principal.
O padre Lombardi adiantou que as obras na Basílica de São Pedro se iniciaram “junto da capela de São Sebastião”, na nave, junto da famosa «Pietà» de Michelangelo.
O túmulo será transferido para este espaço, sem exumação do corpo, para debaixo do altar da capela, onde será identificado com a inscrição «Beato João Paulo II», em latim.
Antes desta mudança, vai ser necessário mudar os restos mortais de Inocência XI, que ali se encontram desde 1956, para o altar da Transfiguração, na mesma Basílica.
Relativamente ao processo de beatificação do falecido Papa polaco, o porta-voz do Vaticano assegurou que “todos os passos foram dados com cuidado” e que Bento XVI “é muito exigente, a esse respeito”.
Na cerimónia do próximo dia 1 de Maio, presidida pelo actual Papa, no Vaticano, vai ser anunciada a data da festa litúrgica do futuro beato.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro