Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Ministro do Vaticano diz que Igreja quer saber quais são as convicções religiosa de Dilma




O arcebispo de Brasília Dom João Braz de Aviz quer conversar com a presidenta Dilma sobre as convicções religiosas dela.



Recém-nomeado pelo Papa para um dos nove ministérios da Igreja Católica,Dom João quer saber a opinião de Dilma com relação à legalização ou nãodo aborto e garantia ou não dos direitos LGBT.



Há aspectos muito bonitos com relação à questão social, mas temos aborto, homossexualismo, um monte de coisa que precisamos ver como vai ficar” ompletando que “ela precisa explicar melhor as suas convicções religiosas para que o diálogo possa progredir.”
Postar um comentário

Planeta Brasileiro