Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

"Permanecer na Igreja significa ancorar-se na verdade", diz Papa


'A criação dos novos cardeais é ocasião para refletir sobre a missão universal da Igreja na história dos homens', disse Bento XVI
Depois do Consistário Público realizado no último sábado, 18, no qual foram criados 22 novos cardeais, entre eles o brasileiro Dom João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada, o Papa Bento XVI encontrou-se nesta segunda-feira, 20, com os neo cardeais e seus familiares.

Durante o discurso, o Papa destacou que a Igreja continua fiel no seu empenho de levar Cristo, mesmo diante das adversidades, e fez um convite para que os cristãos se unam à causa da Igreja.

"Permanecer unidos à Igreja e à mensagem de salvação que ela difunde, significa ancorar-se na Verdade, reforçar o sentido dos reais valores, sermos serenos diante de todos os acontecimentos", enfatizou
O Santo Padre fez uma breve introdução fazendo um convite para que os fiéis se aproximem e respeitem os novos prelados, de modo que os mesmos possam ser sustentados na missão de evangelizar.

"Sejais unidos a eles e entre vós na fé e na caridade, para serdes sempre mais fervorosos e corajosas testemunhas de Cristo", disse.
Logo em seguida o Pontifíce dirigiu saudações em várias línguas conforme a nacionalidade de cada novo cardeal empossado. Desta forma, Bento XVI também se referiu ao cardeal brasileiro Dom João Braz de Aviz e ao cardeal português Dom Manuel Monteiro de Castro, que preside a Penitenciária Apostólica.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro