Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Dentro de um mês Bento XVI chega à América Latina



Arquivo
Bento XVI chegará ao México no dia 23 de março
De 23 a 28 de março, o Papa Bento XVI irá realizar uma viagem histórica a dois países relativamente distintos: México, um dos países mais católicos do mundo e Cuba, país socialista que desde 1992 alterou a sua denominação religiosa de ateu para Estado Laico, apesar de possuir maioria católica.
Bento XVI é o segundo Pontífice a visitar Cuba depois de João Paulo II, que, em 1998, recebeu o convite da Igreja local e do governo do País.
A um mês da visita, a América Latina aguarda ansiosa a chegada do Santo Padre, que cumpre sua segunda viagem apostólica internacional à América Latina, depois de ter visitado o Brasil, em 2007.
Em 12 de dezembro de 2011, o Sumo Pontífice celebrou uma Missa na Basílica de São Pedro, no dia de Nossa Senhora de Guadalupe para lembrar os 200 anos de independência do Continente.
Em entrevista à Rádio Vaticana, Gusman Carrichiry, secretário da Pontifícia Comissão para América Latina, explicou qual o caráter dessa visita, que promete reforçar a fé do povo latino e incentivar o envio para a nova evangelização do Continente.
"É significativo e simbólico que o coração da visita do Santo Padre ao México seja a Missa que presidirá no dia 24 de março justamente na Praça do Bicentenário. Esta será a ocasião para o Papa se dirigir explicitamente a toda a América Latina. (...) A visita a Cuba do 'peregrino da caridade', como foi chamado pelos bispos de Cuba, terá um caráter jubilar mariano, já que serão celebrados os 400 anos da descoberta da imagem da Virgem do Cobre. A presença de Maria é importante em todos esses lugares", destacou.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro