Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

domingo, 25 de março de 2012

Devoção à Virgem Maria aproxima cristãos de Jesus, explica Papa



Montagem sobre fotos / TV Canção Nova
Maria é 'a Mãe do verdadeiro Deus, que nos convida a permanecer à sua sombra pela fé e a caridade', destaca o Papa
A verdadeira devoção à Virgem Maria “aproxima-nos sempre de Jesus, e não consiste numa emoção estéril e passageira, mas nasce da fé, que nos faz reconhecer a grandeza da Mãe de Deus e nos incita a amar filialmente a nossa Mãe e a imitar as suas virtudes”, destacou o Papa Bento XVI na oração do Angelus pronunciada no começo da tarde deste domingo, 25, na Praça do Bicentenário, em León, no México.

“Amá-la é comprometer-se a escutar o seu Filho; venerar a ‘Guadalupana’ é viver segundo as palavras do fruto bendito do seu ventre”, reforçou o Pontífice depois da Missa que reuniu mais de 400 mil fiéis.

Acesse
.: Angelus de Bento XVI - 25/03/2012
: Confira programação da viagem do Papa a Cuba e ao México
.: Todas as matérias sobre a visita do Papa ao México

O Papa recordou das tantas famílias que se encontram divididas ou forçadas a emigrar, aquelas que sofrem por causa da pobreza, da corrupção, da violência doméstica, do narcotráfico, da crise de valores ou da criminalidade, pedindo que a Virgem Maria lhes dê conforto, fortaleza e esperança.

“É a Mãe do verdadeiro Deus, que nos convida a permanecer à sua sombra pela fé e a caridade, para deste modo superarmos todo o mal e instaurarmos uma sociedade mais justa e solidária”, disse.

Com estes sentimentos, o Santo Padre colocou sob a proteção materna de Nossa Senhora de Guadalupe o México, toda a América Latina e o Caribe.

“Em tempos de tribulação e sofrimento, Ela foi invocada por tantos mártires que, ao grito ‘Viva Cristo Rei e Maria de Guadalupe’, deram testemunho de inquebrantável fidelidade ao Evangelho e entrega à Igreja. Agora, suplico-Lhe que a sua presença nesta querida nação continue a ser apelo ao respeito, defesa e promoção da vida humana e à consolidação da fraternidade, evitando a vingança inútil e desterrando o ódio que divide. Santa Maria de Guadalupe nos abençoe e obtenha, com a sua intercessão, abundantes graças do Céu”, pediu.

Depois da recitação do Angelus, o Papa dedicou um momento de oração diante da Imagem da Virgem de Guadalupe. Por fim, abençoou 91 reproduções da Virgem de Guadalupe que serão levadas a cada uma das dioceses mexicanas.

Ainda neste domingo, às 18h (horário local, 21h pelo horário de Brasília), Bento XVI celebrará as Vésperas com os bispos do México e da América Latina na Catedral da Mãe Santíssima da Luz, em León. Acompanhe a transmissão ao vivo pela Tv Canção Nova.


Fonte: CN
Postar um comentário

Planeta Brasileiro