Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Francisco assegurou suas orações e sua união à dor dos familiares dos envolvidos no acidente

 Da Redação, com Rádio Vaticano em italiano
 Papa expressa pesar por acidente com jovens que seguiam para JMJ
Francisco assegura orações por todos os envolvidos no acidente. Foto: L’Osservatore Romano/Rádio Vaticano
O Papa Francisco expressou a sua profunda dor pelo acidente que aconteceu nesta quarta-feira, 17, na Guiana Francesa, com um grupo de jovens que se preparavam para a Jornada Mundial da Juventude. Os peregrinos eram de Paris e viajavam em um ônibus, que colidiu com um caminhão. No acidente, uma jovem de 21 anos morreu e outros seis ficaram feridos.
Na mensagem assinada pelo secretário de Estado, Cardeal Tarcísio Bertone, Francisco diz se unir com todo o coração à dor das famílias e de todos que foram atingidos por esta tragédia. Ele assegurou sua oração e solidariedade aos feridos e à equipe de resgate. A mensagem foi enviada ao arcebispo de Paris, Cardeal André Vingt-Trois.
O acidente aconteceu nas proximidades de Mana, na estrada que liga Saint Laurent Du Maroni a Kourou, onde viajava o ônibus no qual estavam a bordo 23 pessoas. Esta noite, o Cardeal Vingt-Trois presidirá uma vigília de oração organizada na paróquia de origem da vítima, Saint Léon, enquanto uma Missa será celebrada na catedral de Saint-Sauver em Cayenne, pelo bispo local, Dom Emmanuel Lafont.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro