Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Papa explica sua renuncia em primeira aparição pública após o anúncio


"Queridos Irmãos e Irmãs, como sabeis eu decidi...
 
Obrigado por vossa simpatia!
 
... eu decidi renunciar ao Ministério que o Senhor me confiou em 19 de abril de 2005. Fiz isto com plena liberdade pelo bem da Igreja, depois de ter rezado muito tempo e haver examinado junto de Deus minha consciência, tenho conhecimento da gravidade deste ato, porém também sabendo que não estou preparado para desempenhar o Ministério petrino com a força que este requer.
 
Sustenta-me e ilumina a certeza de que a Igreja de Cristo e Ele não deixará que falte seu guia e seu cuidado. Agradeço a todos pelo amor e a oração com a que me acompanha.
 
Obrigado. Senti quase fisicamente em estes dias para mim nada fáceis à força da oração, que me chega graças ao amor pela Igreja e a vossa oração. Continuem rezando por mm, pela Igreja e pelo futuro Papa. O Senhor lhe guiará".






 Fonte: RomeReports.com/Rádio Vaticano
Tradução do texto: Cesar da Rocha Pires.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro