Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sábado, 2 de fevereiro de 2013

A vida consagrada, riqueza da Igreja para a humanidade


Padre Roger Araújo
Jornalista e membro da Comunidade Canção Nova


Canção Nova
'A vida religiosa representa a face mais bela da caridade da Igreja', destaca padre Roger Araújo
Os consagrados e consagradas estão presentes em nossa sociedade em diversas áreas e situações da vida humana para iluminar o mundo presente com a luz de Cristo. A diversidade de carismas na vida religiosa reflete as necessidades e carências do mundo. Onde falta Deus ou se precisa da sua presença amorosa, os religiosos e religiosas estarão ali presentes de alguma forma levando a presença Divina para aquela necessidade.

Os consagrados são a expressão primeira da vida orante da Igreja. Monges e monjas, eremitas, contemplativos e contemplativas dedicam o melhor de si para intercederem pela Igreja e por todas as necessidades da humanidade. É um dom maravilhoso e um presente para nós. A carência de comunicação com Deus é uma problema sério para os dias de hoje. São eles que se dedicam dia e noite sem cessar a suplicarem por nós junto a Deus.

A vida religiosa representa a face mais bela da caridade da Igreja. Freiras e freis, religiosos e religiosas das mais diversas ordens e congregações estão nos hospitais, nas escolas, nos asilos, creches, leprosários, favelas, presídios levando a ternura de Deus para crianças, jovens ou idosos. O amor-caridade é expresso através de diversas iniciativas e cuidados humanitários. Não existe um lugar na face da terra onde a Igreja não esteja cuidando dos sofrimentos e carências das pessoas através de religiosos e religiosas.

A vida consagrada através dos votos religiosos, de pobreza, castidade e obediência é um verdadeiro farol que ilumina a sociedade obcecada por prazeres, bens materiais e pela busca do poder sem escrúpulo. Como nós necessitamos de pessoas que nos ensinem, pela vida, a valorizarmos a simplicidade, a pureza e a humanidade. No Jardim da humanidade tão cheios de espinhos e ervas daninhas, os religiosos são flores de primeira grandeza que nos apontam aos valores do Céu.

CN
Postar um comentário

Planeta Brasileiro