Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Arquidiocese do Rio diz que renúncia do Papa não interfere na Jornada 2013




Após o comunicado que o Papa Bento XVI vai renunciar a seu pontificado em 28 de fevereiro, o arcebispo do Rio de Janeiro , Dom Orani Tempesta confirmou que a saída do pontífice não vai interferir na realização do evento da Jornada Mundial da Juventude, que acontece em julho na cidade.
A Prefeitura do Rio reafirmou a posição e disse que toda a preparação da Cidade para a realização da Jornada Mundial da Juventude está mantida.  Em nota, a prefeitura disse que segue as orientações da Arquidiocese, responsável pela programação da JMJ.
"O próprio Bento XVI sempre disse que a Jornada Mundial da Juventude seria feita no Rio por ele ou por seu sucessor. Rezamos pela saúde do Papa como também pela de todos os idosos e enfermos neste dia de Nossa Senhora de Lourdes", disse Tempesta durante a cerimônia. Pelo Twitter, a arquidiocese informou que a JMJ Rio2013 acolherá o novo papa da Igreja Católica.
Bento XVI anunciou a renúncia pessoalmente, falando em latim, durante o consistório para a canonização de dois mártires. O Vaticano confirmou a notícia e afirmou que o papado vai ficar vago até que o sucessor seja escolhido.
Em comunicado, Bento XVI, que tem 85 anos, afirmou que vai deixar a chefia da Igreja Católica Apostólica Romana devido à idade avançada, por "não ter mais forças" para exercer o cargo.
 
O pontífice afirmou que está "totalmente consciente" da gravidade de seu gesto.
"Por essa razão, e bem consciente da seriedade desse ato, com total liberdade declaro que renuncio ao ministério como Bispo de Roma, sucessor de São Pedro", disse Joseph Ratzinger, segundo comunicado do Vaticano.
Na véspera, Bento XVI escreveu em sua conta no Twitter: "Devemos confiar no maravilhoso poder da misericórdia de Deus. Somos todos pecadores, mas Sua graça nos transforma e renova".
Postar um comentário

Planeta Brasileiro