Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Papa faz duas nomeações para a Igreja no Brasil



CNBB
Dom Remídio José Bohn e Dom Vital Chitolina
O Papa Bento XVI fez duas nomeações nesta quarta-feira, 28, para a Igreja no Brasil. O Santo Padre nomeou o Bispo auxiliar de Porto Alegre (RS), Dom Remídio José Bohn, como novo bispo de Cachoeira do Sul (RS), sucedendo Dom Irineu Silvio Wilges que renunciou por limite de idade - 75 anos - segundo o canon 401, do Código de Direito Canônico.

A outra nomeação foi para a diocese vacante de Diamantino (MT), para a qual o Papa designou Dom Vital Chitolina, até então bispo da diocese de Paranatinga (MT).


Dom Remídio


Nasceu na cidade de Feliz (RS), no dia 21 de maio de 1950. Fez seus estudos primários na escola paroquial no distrito de São Roque, em Feliz. Cursou Filosofia no Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição em Viamão (RS) e Teologia, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, na capital gaúcha.

Dom Remídio foi pároco na paróquia São Pedro de Poço das Antas (RS); de 1982 a 1986, pároco da Paróquia Santo Antônio, em Canoas (RS); de 1993 a 1995; pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Porto Alegre; de 1996 a 2006, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário em Porto Alegre.

Ele foi nomeado bispo auxiliar de Porto Alegre em 2006. Atualmente ele é o secretário do Regional Sul 3 da CNBB (Rio Grande do Sul).

Diamantino

A diocese de Diamantino (MT), vacante desde o ano de 2010, receberá o seu quinto bispo. Dom Vital Chitolina foi transferido de Paranatinga (MT) para assumir 120.084 km², organizado em 13 paróquias, com uma população de quase 300 mil habitantes.

Dom Vital atualmente é o vice-presidente do Regional Oeste 2 (Mato Grosso), foi ordenado bispo de Paranatinga, em 1998. Ele nasceu em 1954, em Tuparendi (RS). O seu lema episcopal é “preparai o caminho do Senhor”.

NOTA DA CNBB: 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma nota de saudação aos novos bispos de Cachoeira do Sul (RS) e de Diamantino (MT), nomeados pelo Papa Bento XVI nesta quarta-feira, 28.

Leia a nota na íntegra

“Como são belos sobre os montes os pés do mensageiro que anuncia a paz, que traz a boa nova, que apregoa a vitória, que diz a Sião: ‘Já reina o teu Deus’”. (Is 52,7).

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe, com alegria, a nomeação dos novos bispos de Cachoeira do Sul (RS) e de Diamantino (MT). A Santa Sé publicou essas nomeações na manhã desta quarta-feira, 28 de dezembro de 2011.

Nós nos unimos ao povo da diocese de Cachoeira do Sul para acolher Dom Remídio José Bohn que deixa a arquidiocese de Porto Alegre, aonde estava desde 2006, e  servia à Igreja como bispo auxiliar e atuava como Vigário Episcopal do Vicariato de Guaíba. Que a sua chegada seja a inauguração de um tempo abençoado e que, conforme inspira seu lema “Omnes Fratres Sumos” (todos somos irmãos), continuem a reinar a fraternidade, a solidariedade e o entusiasmo no prosseguimento de seu trabalho apostólico.

Também estamos unidos, de coração, a todas as comunidades da mesma diocese para agradecer o dedicado e zeloso ministério do querido irmão Dom Irineu Silvio Wilges que, desde sua nomeação pelo hoje Beato João Paulo II em 2000, sempre se dedicou com muito fervor ao pastoreio de seu rebanho.

Ao irmão Dom Vital Chitolina, novo bispo de Diamantino, nosso abraço de alegria e nossa congratulação pelo novo desafio que a Igreja lhe apresenta. Deixando a diocese de Paranatinga (MT), aonde serviu desde 1998, ele abraça a tarefa apostólica de ensinar, santificar e governar a diocese de Diamantino junto a um povo que aguarda a chegado do novo bispo com muita alegria.

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

Fonte: CN 
Postar um comentário

Planeta Brasileiro