Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Igreja católica dobra numero de padres na última década



O Centro de Estatísticas Religiosas e Investigação Social (CERIS) realizou o Censo anual no primeiro semestre de 2011 e os resultados mostraram que houve um aumento de 55,79% no número de padres católicos no Brasil entre 1990 e 2010. Além disso, ficou constatado que houve um crescimento considerável em relação às vocações sacerdotais e religiosas, bem como o aumento do número de paróquias, além da criação de novas dioceses. Em relação ao número de sacerdotes, entre os diáconos o crescimento foi triplo, pois nos últimos 20 anos o número de 632 diáconos permanentes passou para 2.711. O número de circunscrições eclesiásticas (1991-2010) também teve um aumento, assim como o número de presbíteros brasileiros e estrangeiros (1970-2010) e outros dados.
O estudo se refere apenas ao crescimento de dioceses, ordens e congregações, fazendo um retrato atual das paróquias, onde elas se encontram e se há lugares que ainda precisam de igrejas. Ao mesmo tempo a pesquisa contesta outros dados que dizem que o número de católicos no país tem diminuído. Apesar de mostrar dados sobre a evolução da Igreja Católica no Brasil a pesquisa não diz que o aumento é do número de fiéis, pois o próprio Papa Bento XVI já mostrou sua preocupação com o aumento das igrejas evangélicas e com a perda de fiéis para as mesmas. Para frear a conversão de católicos, o Papa pretende mudar a forma como os padres conduzem as missas, oferecendo uma mensagem mais “simples, profunda e compreensível”. Para o pontífice ao mesmo tempo em que muitos católicos deixam as igrejas, muitos outros acabam retornando, pois o discurso das igrejas protestantes “garante um êxito, mas também resulta em pouca estabilidade”. Veja os pontos onde houve aumento na Igreja Católica:
* A evolução do número de paróquias por regional da CNBB (1940-2010) e a média de crescimento anual destas neste período;
* A evolução do número de circunscrições eclesiásticas (1991-2010);
* A evolução do número de diáconos permanentes neste mesmo período;
* A evolução do número de presbíteros brasileiros e estrangeiros (1970-2010);
* A evolução do número de religiosas, incluindo professas, noviças e professas egressas;
* A evolução do número de habitantes por presbítero (1970-2010);
*A relação entre habitantes por presbítero (1970-2010) e o percentual da evolução destes indicadores nos anos de 1990 a 2010, entre outros dados.
Fonte: Gospel Prime
Postar um comentário

Planeta Brasileiro