Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CNBB recebe Prêmio Transparência e Fiscalização Pública


premiocnbb_geralA Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) foi uma das entidades agraciadas, na terça-feira, 6, com o Prêmio Transparência e Fiscalização Pública, outorgado pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, da Câmara dos Deputados. Juntamente com a organização independente Transparência Brasil, a CNBB foi indicada para receber a primeira edição do prêmio, em 2004. Naquele ano, porém, a entrega não ocorreu em razão das eleições municipais e só agora a homenagem foi feita. Não houve premiação nos outros anos.
domleonardopremioO nome da CNBB foi indicado pelo deputado José Priante (PMDB-PA) por causa de seu trabalho em defesa do voto consciente. O secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, agradeceu a lembrança do nome da Conferência. “A CNBB se sente honrada com esta premiação, que serve de incentivo ao seu trabalho na defesa de um país sem corrupção”, disse dom Leonardo.
O objetivo do Prêmio Transparência é reconhecer cidadãos e entidades que se destaquem no trabalho pela fiscalização administrativa e patrimonial do setor público no Brasil. “Nada mais justo do que valorizar e incentivar quem tem colaborado com a Casa no atendimento a uma exigência constitucional”, afirmou o presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, deputado Filipe Pereira (PSC-RJ), que presidiu a Sessão de entrega do prêmio.
Nesta edição de 2011, receberam o prêmio o ex-governador já falecido do Paraná, José Richa (1934-2003), na categoria governamental; e a Associação Contas Abertas, na categoria sociedade civil. O ex-vice-presidente da República José Alencar (1931-2011) e o ex-deputado Aécio Cunha (1927-2010), pai do senador Aécio Neves, foram homenageados neste ano como patronos do prêmio.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro