Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Faleceu, neste domingo, cardeal John Foley aos 76 anos

Faleceu neste domingo, 11, na Filadélfia, Estados Unidos, o cardeal John Foley, que por mais de 20 anos foi responsável pelo Pontifício Conselho da Comunicação Social. O cardeal tinha 76 anos.

Foi ordenado padre em 1962. Com um doutorado em Filosofia e um mestrado em Jornalismo, em 1984 foi chamado a Roma por João Paulo II como Presidente do Conselho das Comunicações Sociais, do Centro Televisivo Vaticano (CTV) e da Filmoteca do Vaticano. Em 2007, Bento XVI o criou cardeal, nomeando-o Grão-mestre da Ordem equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém. No ano passado, por motivo de doença, deixou o cargo para regressar à diocese de origem, onde faleceu.

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, que lhe sucedeu como responsável do Centro Televisivo Vaticano, recordou-o como pessoa cordial, amiga, homem de espiritualidade e verdadeiro “servidor da comunicação”.

“Dom John Foley foi por muito tempo Presidente do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais. Teve, portanto, um papel específico no âmbito da Cúria romana e na Igreja universal: a atenção competente para entender e explicar a todos como funciona o mundo das comunicações sociais. Ele era muito preparado também do ponto de vista pessoal, desde os tempos de jovem sacerdote, pois tinha sido responsável das publicações e dos meios de comunicação de sua diocese”, relembrou.

Padre Lombardi destacou ainda que o Cardeal Foley “com sua competência própria, participou em inúmeros encontros e congressos, em contato com variadas conferências episcopais, ajudando a refletir sobre o mundo da comunicação, levando sempre uma palavra de cordialidade e de orientação da parte da Igreja. Sentia-se colega e amigo de todos os que trabalhavam neste campo. Sentimo-nos muito ligados e gratos a ele”.

Com o falecimento do cardeal John Foley, o Colégio Cardinalício conta agora com 192 cardeais, 83 dos quais completaram já 80 anos. Os cardeais eleitores num eventual Conclave são, neste momento, 109. 


Fonte: CN
Postar um comentário

Planeta Brasileiro