Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

terça-feira, 5 de junho de 2012

O que é a catequese com o Papa?


Há vários séculos, o dia de quarta-feira tem sido reservado para o encontro do Papa com os fiéis. Muitos vão a Roma, Itália, para ouvir cada palavra do Pontífice neste dia. Mas o que é esse encontro do Pastor com o rebanho? Por que ele dirige um ensinamento ao povo?
Esta atividade chamada de Audiência Geral, ou catequese, é um dos meios nos quais os papas exercem o munus docendi, isto é, o dever de ensinar. O objetivo desta iniciativa é instruir, informar e ensinar os fiéis a respeito das verdades professadas por nossa fé.
No exercício desta função, o Santo Padre não inventa, não cria nem proclama ideias próprias, porque a doutrina que ele anuncia não é dele (cf. Jo 7, 16), mas de Cristo; por outro lado, não significa que ele seja neutro, ele transmite os ensinamentos, fruto de sua profunda comunhão com o próprio Cristo.
Assim, este dia da semana se tornou não somente um momento de encontro dos fiéis com o Papa, mas do Pastor com seu rebanho. Neste ato, ele corrige, ampara, cuida das feridas, ensina e, principalmente, ama o povo a ele confiado.
A fundamentação do exercício das catequeses está no próprio Jesus, que, por diversas vezes, observando a condição do povo, proferiu a este um ensinamento seguro. Os relatos bíblicos ensinam que o Senhor teve compaixão da multidão, porque esta era como ovelhas sem pastor (cf. Mc 6,34), e assim, movido por compaixão, interpretou a palavra de Deus, dando a devida orientação para o povo.
Normalmente, os papas procuraram exercer essas atividades seguindo algum tema da doutrina católica, como a Moral, Dogmática, Patrística, Sagradas Escrituras, temas sobre a Virgem Maria, enfim, essas catequeses produzem verdadeiros tesouros para nossa fé.
Dentre estes tesouros, temos um belo exemplo das catequeses sobre a Sexualidade Humana, proferida pelo saudoso beato João Paulo II no início de seu pontificado. Estas que, posteriormente, deram origem à chamada Teologia do Corpo.
Bento XVI vem seguindo a mesma linha de seus sucessores, pois procura, a cada instrução semanal, mergulhar num ponto da doutrina católica, dando-nos uma visão profunda a respeito de temas de nossa fé católica. O Pontífice, nestes anos de pastoreio, abordou assuntos diversos como, por exemplo, os Salmos, a vida de São Paulo, os apóstolos, os santos doutores da Igreja, a Oração de Jesus e outros. Atualmente, ele tem dedicado a Audiência Geral nos ensinando a respeito da oração nas cartas de São Paulo.
Enfim, nós católicos devemos viver o dia de quarta-feira com grande expectativa sobre o que o Papa irá nos ensinar. Devemos mergulhar nas propostas indicadas pelo Santo Padre a fim de vivermos também uma real intimidade com o Senhor, pois nós temos um pastor e este nos leva até Jesus, semanalmente por meio de seus ensinamentos.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro