Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sábado, 16 de junho de 2012

Devotos comemoram 10 anos da canonização de Padre Pio



Rádio Vaticano
Padre Pio é um dos santos mais queridos na Itália e conquistou devotos em várias partes do mundo
Devotos da Itália e de várias partes do mundo comemoram neste sábado, 16, os 10 anos de canonização de São Pio de Pietrelcina, mais conhecido simplesmente como Padre Pio. Para recordar a data, o Secretário de Estado, Cardeal Tarcísio Bertone presidiu a Eucaristia na Igreja de São Pio de Pietrelcina, na Itália. Além de ser um dos santos mais queridos na Itália, Padre Pio conquistou muitos devotos também no Brasil.

Em sua homilia, o Cardeal Bertone recordou as palavras proferidas 10 anos atrás pelo Beato João Paulo II, que naquela ocasião declarou que a “vida e a missão do Padre Pio testemunham que as dificuldades e os sofrimentos, se forem aceites por amor, transformam-se num caminho privilegiado de santidade, que abre perspectivas de um bem maior, que só Deus conhece”.

“Padre Pio percebeu o amor de Deus sobre si e se deixou tomar por ele, se deixou habitar por Cristo. Por isso, pôde entrar num diálogo íntimo e fecundo com Ele, e se abrir àqueles que recorriam à sua paterna guia espiritual, promovendo neles frutos de vida boa” lembrou o Cardeal Bertone.

O Secretário de Estado recordou que pessoas de várias culturas, idades e condições sociais recorriam a Padre Pio. Para todas elas, ele se revelou um verdadeiro e santo artista como guia espiritual. “Basta pensar na enorme quantidade de cartas que chegavam de todas as partes do mundo com todo tipo de problema para resolver. Para cada um, o Padre não propunha teorias, mas oferecia uma adequada indicação espiritual, que se tornava acompanhando rumo a uma vida boa, a do Evangelho, a da experiência de Cristo e do seu amor.”

O Cardeal Bertone concluiu sua homilia pedindo que confiemos nossas orações e intenções ao Senhor, através da celeste intercessão de Nossa Senhora das Graças e de São Pio de Pietrelcina.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro