Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sábado, 16 de junho de 2012

Coletiva de imprensa na Santa Sé apresenta Ano da Fé



CNBB
'Queremos celebrar este Ano de forma digna e fecunda', afirma Bento XVI na Porta Fidei
Na próxima quinta-feira, 21, na Sala de Imprensa da Santa Sé, haverá a apresentação do Ano da Fé, convocado pelo Papa Bento XVI. O Ano se estenderá de 11 de outubro de 2012 a 24 de novembro de 2013.

Na coletiva de imprensa, será apresentado o calendário dos grandes eventos que se realizarão em Roma no âmbito do Ano da Fé, além da apresentação do site e da logo da iniciativa.

Participam da coletiva o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Dom Rino Fisichella, e o Subsecretário do mesmo Pontifício Conselho, monsenhor Graham Bell.

O Ano da Fé foi convocado pelo Papa Bento XVI com a Carta Apostólica Porta Fidei (Porta da Fé), em outubro de 2011. O início deste Ano coincide com a recordação de dois grandes eventos que marcaram a Igreja nos últimos tempos: os 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II, e os 20 anos da promulgação do Catecismo da Igreja Católica.

“O Ano da Fé é convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo. Não podemos aceitar que o sal se torne insípido e a luz fique escondida (cf. Mt 5, 13-16). Devemos readquirir o gosto de nos alimentarmos da Palavra de Deus, transmitida fielmente pela Igreja, e do Pão da Vida, oferecidos como sustento de quantos são seus discípulos (cf. Jo 6, 51)”, escreve Bento XVI na Carta Apostólica.

“Só acreditando é que a fé cresce e se revigora; não há outra possibilidade de adquirir certeza sobre a própria vida, senão abandonar-se progressivamente nas mãos de um amor que se experimenta cada vez maior porque tem a sua origem em Deus. Queremos celebrar este Ano de forma digna e fecunda", diz o Papa na Carta Apostólica Porta Fidei. (BF)
Postar um comentário

Planeta Brasileiro