Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Bispo incentiva jovens a doarem-se a Deus e ao próximo

Jovens da diocese de Bragança-Miranda, em Portugal, receberam um incentivo especial neste fim de semana, 28 e 29. Eles foram convidados a pautarem suas vidas pela disponibilidade a Deus e ao próximo e a destacarem-se por um cristianismo fecundo e autêntico. 

A diocese celebrou na ocasião a festa diocesana da juventude, que coincidiu com o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. O bispo de Bragança-Miranda, Dom José Cordeiro, recordou aos mais novos, em sua maioria ligados a grupos juvenis católicos, a importância de abrir o coração a Deus e viver a alegria de ser cristão.

Para o bispo, o “segredo” para corresponder a estes dois desafios está na capacidade de cada um fazer uso aos seus talentos, no meio da sociedade, sem distinções, ajudando “grandes e pequenos”, à imagem de Cristo, o “Bom Pastor”.

Dom José Cordeiro destacou que todo aquele que é incapaz de “dar” tem o seu coração dominado pela sombra e pelo vazio. Ele apelou à comunidade juvenil para que aprenda a desenvolver o “dom” da entrega, a partir de uma fé à medida de Deus.

Atingir este nível de exigência, segundo Dom José Cordeiro, é também viver a verdadeira vocação cristã e receber uma “alegria que não tem ressaca, porque não é passageira”, sublinhou. (JCP)


Fonte: CN
Postar um comentário

Planeta Brasileiro