Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Papa aos jovens: "Estudem o Catecismo com paixão e perseverança!"



"Convido-vos: estudai o catecismo! Esse é o meu desejo, de coração. [...] Estudai o catecismo com paixão e perseverança! Sacrificai o vosso tempo para isso! Estudai-o no silêncio do vosso quarto, leiai-o em duplas, se sois amigos, formais grupos e redes de estudo, trocai ideias pela Internet. Permanecei, de todos os modos, em diálogo sobre a vossa fé!", exclama o Papa Bento XVI aos jovens.



O convite do Papa está no prefácio do catecismo para jovensYoucat (abreviatura de Youth Catechism – Catecismo Jovem). O material faz parte do kit peregrino e será distribuído a todos os participantes da Jornada Mundial da Juventude 2011, que acontece em Madri, capital espanhola, de 16 a 21 de agosto deste ano.
O Pontífice deixa claro que o subsídio ao catecismo não engana, pois recorda que o YouCat não oferece soluções fáceis: sempre exige uma mudança de vida.

"Tendes necessidade do auxílio divino, se a vossa fé não quer secar como uma gota de orvalho ao sol, se não desejais sucumbir às tentações do consumismo, se não desejais que o vosso amor se afogue na pornografia, se não desejais ignorar os fracos e as vítimas de abusos e violência", destaca.

Bento XVI revela, mais uma vez, sua crença de que os jovens sempre buscam algo de grande e não são superficiais.

"Algumas pessoas dizem-me que o catecismo não interessa à juventude moderna; mas eu não acredito nessa afirmação e estou seguro de que tenho razão. A juventude não é tão superficial como é acusada de ser; os jovens querem saber de que consiste verdadeiramente a vida. Um romance criminal é emocionante porque nos envolve no destino de outras pessoas, mas que poderia ser também o nosso; este livro é emocionante porque nos fala do nosso próprio destino e, por isso, está intimamente relacionado a cada um de nós", defende.

O Bispo de Roma também dá um outro conselho: não se valer dos recentes casos de pecado no interior da comunidade dos fiéis como pretexto para fugir do olhar de Deus. "Vós mesmos sois o corpo de Cristo, a Igreja! Levai o fogo intacto do vosso amor nesta Igreja, toda a vez que os homens tiverem obscurecido o rosto", pede.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro