Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Beato José de Anchieta será canonizado, afirma Dom Damasceno


Da Redação, com colaboração de Fernanda Ribeiro


Arquivo
Dom Raymundo Damasceno, Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB
O Jesuíta, Beato José de Anchieta, logo receberá a honra dos altares. Foi o que informou na manhã desta quarta-feira, 18, o Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno, durante coletiva de imprensa no Santuário Nacional.
O comunicado da Santa Sé sobre a canonização do beato veio por meio de um telefonema do próprio Papa Francisco a Dom Damasceno.  A notícia em favor do defensor dos indígenas, catequista, considerado apóstolo do Brasil, foi recebida com alegria pelo Cardeal.
“José de Anchieta deixou marcar profundas no início da colonização do Brasil, como também na sua evangelização. Eu creio que ele merece ser cultuado por toda a Igreja”, disse.
A data da canonização que ainda será definida pela Santa Sé.
Dentre as novidades apresentadas por Dom Raymundo Damasceno, está a realização de uma edição extraordinária do Sínodo dos Bispos para o próximo ano, em Roma, e que falará sobre a família. A Assembleia ordinária acontecerá em 2015. Além disso, apresentou o tema e o lema da próxima Campanha da Fraternidade, que abordará o tráfico humano.
O bispo auxiliar de Aparecida, Dom Darci José Nicioli, relembrou também os momentos mais marcantes da arquidiocese: a Festa de Frei Galvão, Romaria Nacional da Juventude, dia dedicado à Padroeira do Brasil e o crescimento de público no Santuário. Segundo ele, mais de 11 milhões de fiéis estiveram na Basílica este ano, além da ilustre presença do Papa Francisco em julho durante a Jornada Mundial da Juventude.
“Eu gosto de uma frase que ele usou aqui [em Aparecida]: ‘não deixem que roubem a esperança do nosso coração’, e nós estamos sedentos de esperança. Então, tudo isso significa esperança: nunca desanimar , nunca desistir...”, ressaltou o bispo.
Ainda durante a coletiva, Dom Damasceno destacou ainda dois documentos elaborados pelo Papa neste ano: a Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, com o apelo para a missão evangelizadora da igreja, e a mensagem de Francisco para o dia 1º de janeiro de 2014, em que o Pontífice faz referência à Fraternidade como um caminho para a paz.
Por fim, o cardeal expressou sua mensagem aos fiéis para este Natal. “Somos chamados a viver essa mensagem profunda do Natal, acolher bem o outro, ver no outro um outro eu. Esta é a minha mensagem de um Feliz e Santo Natal para todos e também um Ano Novo muito abençoado, sobre a proteção de Nossa Senhora Aparecida”, disse.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro