Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

sábado, 7 de janeiro de 2012

Papa criará 22 novos cardeais em fevereiro



panorama.it
''Gostaria de convocar a todos a rezar pelos novos eleitos'', salienta Papa
Finalmente, o anúncio tão esperado: a convocação de um novo consistório por parte do Papa Bento XVI. Nesta sexta-feira, Solenidade da Epifania do Senhor, o Santo Padre anunciou da sacada do Palácio Apostólico, durante a oração mariana do Angelus, no Vaticano, o 4º Consistório de seu Pontificado, que desta vez, criará 22 novos cardeais para a Igreja.

No dia 18 de fevereiro deste ano serão apresentados ao mundo os novos membros do Colégio Cardinalício, entre os quais, está o brasileiro Dom João Braz de Aviz que foi arcebispo de Brasília e hoje é prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada, no Vaticano. Na lista, também foram nomeados 3 padres, uma prática incomum, já que, geralmente, os pontífices dão o título cardinalício a bispos e arcebispos.

“Os cardeais tê a missão de ajudar o Sucessor do Apóstolo Pedro no desenvolvimento do seu Ministério de confirmar os irmãos na fé e de ser princípio e fundamento da unidade e da comunhão da Igreja”, disse Bento XVI hoje.

Eis a lista dos próximos cardeais, segundo a ordem lida por Bento XVI durante o Angelus:

1 – Dom Fernando Filoni, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos
2 – Dom Manuel Monteiro de Castro, Penitenciário Maior
3 – Dom Santos Abril y Castelló, arcipreste da Basílica Papal de Santa Maria Maior
4 – Dom Antonio Maria Veglió, ´presidente do Pontificio Conselho da Pastoral para os Imigrantes e itinerantes
5 – Dom Giuseppe Bertello, Presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano e Presidente do Governatorato do Estado
6 – Dom Francesco CoccoPalmerio, Presidente do Pontifício Conselho para os textos legislativos.
7 – Dom João Braz de Aviz, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica
8 – Dom Edwin Frederick O'Brien, Gran Mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém
9 – Dom Domenico Calcagno, Presidente da Administração do Patrimônio da Sé Apostólica
10 – Dom Giuseppe Versaldi, Presidente da Prefeitura dos assuntos Econômicos da Santa Sé
11 – Sua Beatitude George Alencherry, arcebispo Maior de Emakulan-Andamaly dos Siro-Malabareses (Índia)
12 – Dom Thomas Christopher Collins, arcebispo de Toronto (Canadá)
13 – Dom Dominik Duka, arcebispo de Praga (República Tcheca)
14 – Dom Willem Jacobus Eijk, arcebispo de Utrecht (Países baixos)
15 – Dom Giuseppe Betori, arcebispo de Firenze (Itália)
16 – Dom Timothy Michael Dolan, arcebispo de Nova Iorque (Estados Unidos da América)
17 – Dom Rainer Maria Woelki, arcebispo de Berlin (Alemanha)
18 – Dom Jonh tong Hon, bispo de Hong Kong (China)
19 – Sua Beatitude Lucian Muresan, arcebispo Maior de Fagaraas e Alba Iulia dos Romenso (Romania)

Padres que receberam título cardinalício

20 – Mons. Julien Ries, sacerdote na Diocese de Namur e professor emérito das religiões na Universidade Católica de Louvain
21 – Padre Prosper Grech O.S.A, professor de várias Universidades Romanas e Consultura da Congregação para a Doutrina da fé
22 – Padre Karl Becker S.I, docente emérito da Pontifícia Universiadade Gregoriana e por anos consultor da Congregação para a Doutrina da Fé.

A partir de 20 de fevereiro o Colégio Cardinalício terá 214 membros, entre os quais, 125 serão eleitores.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro