Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Papa chega nesta sexta-feira à África


Bernin será o terceiro país africano a receber a visita de Bento XVI. Em 2009, ele visitou a República dos Camarões e a Angola
O Papa Bento XVI chega na manhã desta sexta-feira, 18, a Benin, na África, para sua 22ª viagem apostólica internacional. Na quarta-feira, 16, durante a audiência geral, Bento XVI pediu aos fiéis que o acompanhem em suas orações.

Benin é um país da África Ocidental com cerca de sete milhões de habitantes que, na maioria, seguem religiões tradicionais, além do catolicismo e islamismo.

Durante esta viagem, Bento XVI fará a entrega da Exortação Apostólica "Africae Munus - Empenho e dever da África", à Igreja local. O documento recolhe o que foi abordado no sínodo para África, realizado em outubro de 2009.


Encontro com seminaristas


A visita do Papa ao país acontece no 20º aniversário da chegada dos Franciscanos da Imaculada, que de Allada, no sul do país, deram origem ao centro mariano da Arquidiocese de Cotonou, com a construção do santuário mariano dedicado à “Mãe da Divina Misericórdia” além da Rádio Imaculada Conceição.

Para o diretor do Santuário de Allada, padre Michele Maria Iorio, o Santo Padre trará uma mensagem baseada nos valores e direitos fundamentais, temas que interessam a todos, especialmente neste país que sofre pela pobreza e falta de recursos.

“Sem dúvida será um avivamento dos valores humanos e um impulso sempre maior e melhor para a evangelização, uma confirmação na fé, como Jesus disse a São Pedro: 'Confirmados na fé'. Logo, é uma graça realmente para toda África e, em particular, para Benin e também para nós franciscanos da Imaculada que celebramos os 20 anos de nossa presença aqui”, destaca padre Iorio.
No sábado, 19, o Pontífice se encontrará com seminaristas, sacerdotes, religiosos e fiéis leigos na cidade de Ouidah, o que para padre Iorio será um momento especial de graça.

“O Papa vem para nos encorajar, também para nos corrigir onde erramos, a fim de que o catolicismo seja realmente puro, integral, profundo, sem contaminação, e o testemunho seja real, pleno e forte”, salienta o padre de Benin.

O sacerdote ressalta que a Igreja em Benin dará ao Papa sobretudo um testemunho de radicalidade, de amor apaixonado por Jesus Cristo e pelo Evangelho, testemunhos verdadeiros de uma Igreja que vive em comunhão com o Papa.

“Para nós, a vinda do Papa é um impulso que nos encoraja a ser realmente generosos em busca da santidade como São Maximiliano Maria Kolbe e São Francisco de Assis, os quais seguimos o exemplo”, afirma.


Amor do Papa para com as crianças órfás e doentes de Benin
Entre os missionários leigos empenhados em Benin, está Carla Baraldi, que há 37 anos vive na África, e hoje é responsável pela “Casa da Alegria”, das Irmãs de Albertine a Pèrèrè, localizada ao norte do país e que abriga crianças órfãs.

“A Igreja aqui está fazendo muito, ajuda de todas as maneiras. Leva a Palavra de Cristo, está aqui para a evangelização, que é um trabalho que precisa de muito tempo, está aqui para animar, para consentir que vivam melhor, para cuidar das crianças...”, destaca a missionária.

Também no sábado, 18, o Papa se encontrará, na cidade de Cotonou, com crianças órfãs e doentes, ajudadas por missões de caridade junto à Paróquia Santa Rita. Para Carla Baraldi é uma demonstração de amor do Santo Padre.

Certamente a atenção do Santo Padre a este grupo de crianças, a sua preocupação é uma preocupação de toda a Igreja para estes pequenos, que Jesus ama. Cada criança que nasce nos recorda que Deus não está distante do homem”, salienta.

Fonte: CANÇÃO NOVA
Postar um comentário

Planeta Brasileiro