Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Conferências do Simpósio "O Dom do Celibato" serão publicadas


O Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor Oliveira de Azevedo, anunciou nesta quarta-feira, 23, que futuramente será publicado um livro com as conferências realizadas durante o Simpósio "O Dom do Celibato". A informação foi divulgada no término do evento, que reuniu desde segunda-feira, 21, diversas autoridades religiosas na capital mineira.

Dom Walmor avaliou positivamente o encontro. “É importante que a sociedade compreenda o celibato como um dom”, afirmou.

O Arcebispo de Palmas (TO), Dom Pedro Brito Guimarães, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, também salientou a importância do encontro. Disse que o conceito de celibato é rico e exige, para sua melhor compreensão, uma abordagem interdisciplinar.

O Arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB, ressaltou que o celibato não deve ser compreendido como fardo. “É uma opção de vida que se faz, um dom”, explicou.

“O celibato é uma experiência de vida, amor oblativo (...) é genuína expressão de gratuidade", afirmou Dom Sérgio.

O Simpósio Nacional O Dom do Celibato, realizado na PUC Minas, foi concluído com uma oração, presidida pelo prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano, Cardeal William Joseph Levada, que esteve presente nos três dias do encontro.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro