Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

PAPA APELA CONTRA PROSTITUIÇÃO E PORNOGRAFIA NA INTERNET

CIDADE DO VATICANO, 7 NOV (ANSA) - O papa Bento XVI fez um apelo hoje no Vaticano contra a prostituição e a difusão de pornografia na Internet, em discurso ao novo embaixador da Alemanha junto à Santa Sé, Reinhard Schweppe.
  
"Chegou o momento de parar energeticamente a prostituição como também a grande difusão de material e conteúdo erótico e pornográfico também e justamente pela Internet", afirmou o Pontífice.
  
Bento XVI assegurou também o compromisso da Igreja contra a prostituição e a sua difusão pela Internet.
  
No discurso para o novo embaixador, o Papa quis "enfrentar também um outro aspecto crítico que, através de tendências materialistas e hedonistas, parece ganhar espaço sobretudo nos países do chamado mundo ocidental, que é a discriminação das mulheres".
  
"Toda pessoa, seja homem ou mulher, é destinada a existir para o outro. Uma relação que não considera o fato que o homem e a mulher tem a mesma dignidade representa uma grave falta em relação à humanidade", afirmou.
  
"Hoje, alguns valores fundamentais da existência humana estão novamente sendo colocados em discussão, valores que defende a dignidade do homem como tal", disse Joseph Ratzinger.
  
Por isso, afirmou o Pontífice, "a Igreja reconhece o dever, além do âmbito da sua fé, de defender no conjunto da nossa sociedade, aquela verdade e aqueles valores nos quais a dignidade do homem é colocada em risco".
  
No discurso ao novo embaixador alemão, Bento XVI também comentou positivamente a recente viagem feita ao seu país natal que realizou em setembro e as relações positivas entre o Vaticano e a Alemanha.
  
Por sua vez, Schweppe também destacou as excelentes relações entre a Santa Sé e o seu país.(ANSA)
Postar um comentário

Planeta Brasileiro