Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Pensando no jovem que busca recuperação, Arcebispo de Olinda e Recife apresenta projeto da primeira Fazenda da Esperança


 A Arquidiocese de Olinda e Recife caminha para dar um grande passo na busca do jovem que necessita de recuperaçãoe fuga do vício da droga e dependencia química. O Arcebispo Dom Fernando Saburido, apresentou, na última terça-feira o projeto arquitetônico do empreendimento a empresários, gestores públicos e imprensa do que seria a primeira Fazenda da Esperança da região. O projeto que tem lançamento programado para o segundo semestre de 2013, é estimado em R$ 1,8 milhões e terá capacidade para 40 rapazes em processo de libertação da dependencia de drogas.
casa_da_fazenda_esperanca.jpg
Casa do Projeto Esperança
De acordo com a arquiteta Lília Campelo, o projeto prevê a interação do jovem com a natureza sem que ele se sinta preso. Além disso, a estrutura disponibiliza espaços de convivência fraterna. "A arquitetura da construção segue a filosofia da Fazenda da Esperança, que é de restabelecer o vínculo com a família, com a casa, enfim com o que é belo", explicou.

Como será a Fazenda da Esperança
O empreendimento de pouco mais de 1,4 mil metros quadrados será construído em um terreno de 30 hectares localizado em Muribequinha, Zona Rural de Jaboatão dos Guararapes. As casas terão capacidade para acolher 14 pessoas cada, e serão constituídas de quatro quartos, todos com banheiros, uma sala de jantar, sala de estar com espaço para reuniões diárias de todos, banheiro social, cozinha e área de serviço.

O refeitório para cerca de 150 pessoas, será utilizado para receber diariamente todos os recuperandos da Fazenda no horário do almoço, bem como seus familiares e visitantes mensalmente, e nas diversas comemorações ao longo do ano. Na cozinha central serão feitas as refeições principais, liberando os recuperandos para os diversos trabalhos na Fazenda. A capela, também destinada aos familiares e visitantes, terá celebração diária, no final de cada dia. Além disso, haverá a área de convívio externa, em forma de praça central, possibilitando momentos de descontração e lazer ao ar livre. (EA)
Postar um comentário

Planeta Brasileiro