Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Masturbação é pecado!!!!



Há uma forte tendência para se dizer que masturbação é uma coisa normal e sadia, porém para a Igreja é uma desordem sexual além de um pecado grave, contra o 6º Mandamento (Não pecar contra a Castidade).
Um dos principais argumentos a favor dessa prática seria um suposto alto conhecimento, para conhecer o próprio corpo, porém o correcto seria o homem e a mulher, os dois juntos, se conhecerem depois do casamento. Na Bíblia o verbo conhecer também é utilizado para designar relação sexual "Adão conheceu Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz Caim" (Gênesis 4,1). Portanto a masturbação pode ser considerada sexo praticado fora do casamento.

A masturbação (também conhecida como AUTO ESTUPRO!!!) é um acto egoísta e sem propósito, que com o tempo se torna um vício repulsivo muito difícil de ser controlado, podendo até causar:
- Nos homens: ejaculação precoce, impotência sexual e até poderia causar cancer de prostata.

http://www.portalpower.com.br/males-da-masturbacao/
http://hypescience.com/masturbacao-pode-levar-a-cancer-de-prostata/

- Nas mulheres: frigidez, secura vaginal e infecções causadas pelos objetos utilizados.

É considerada uma poluição moral e não pode ser uma coisa normal, porque mesmo um adolescente que não crê em Deus ou não pratica qualquer tipo de religião, tem sempre a sensação de estar fazendo algo errado, o nome disso é voz da consciência, que Deus nos deu para termos o discernimento do certo e do errado, por causa desse sentimento de culpabilidade é que tem tanta gente perguntando sempre se é errado, se é normal.
Análise Psicológica

O grande estudioso da sexualidade humana, Sigmund Freud afirmou que a masturbação é um vício solitário (uma vez que a outra pessoa só existe na imaginação), tratava a questão como um problema remanescente da sexualidade infantil (quando a criança se toca para conhecer seu próprio corpo) e acreditava que o sexo deveria ser vivido por um homem e uma mulher maduros.
Freud pensava que a masturbação deveria ser abandonada na vida adulta, na medida em que o sujeito transitasse plenamente do auto-erotismo e do narcisismo para as relações objetais amorosas. Via a masturbação como uma persistência do erotismo infantil ligado ao complexo de Édipo, o que a deixava irremediavelmente tingida pela culpa.
A prática obsessiva, principalmente se acompanhada de ausência do desejo sexual e desinteresse pelas relações normais, é considerada pelos psicólogos como um transtorno comportamental, situação em que a pessoa já não sabe porque faz aquilo, até com a vontade de parar e não consegue, podendo ser utilizada como substituta para a falta de satisfação social, compensação de uma timidez, incapacidade de se relacionar com parceiros(as) ou para aliviar tensões e ansiedades.

Análise Bíblica

"9.Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos,
10. nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus.
11. Ao menos alguns de vós têm sido isso. Mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados, em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus.
12. Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma. (não me deixarei dominar por nenhum vício)
13. Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos: Deus destruirá tanto aqueles como este. O corpo, porém, não é para a impureza, mas para o Senhor e o Senhor para o corpo: (nosso corpo pertence a Deus, é templo do Espírito Santo)
14. Deus, que ressuscitou o Senhor, também nos ressuscitará a nós pelo seu poder.
15. Não sabeis que vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, então, os membros de Cristo e os farei membros de uma prostituta? De modo algum! (também poderia usar dos membros de Cristo para masturbação?)
16. Ou não sabeis que o que se ajunta a uma prostituta se torna um só corpo com ela? Está escrito: Os dois serão uma só carne (Gn 2,24).
17. Pelo contrário, quem se une ao Senhor torna-se com ele um só espírito.
18. Fugi da fornicação. Qualquer outro pecado que o homem comete é fora do corpo, mas o impuro peca contra o seu próprio corpo.
19. Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebestes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis?
20. Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo."
(I Coríntios 6,9-20)

Portanto não há como Glorificar a Deus em seus corpos se as pessoas se entregarem a uma prática tão impura!
"19. Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem...
24. Pois os que são de Jesus Cristo crucificaram a carne, com as paixões e concupiscências.
25. Se vivemos pelo Espírito, andemos também de acordo com o Espírito."
(Gálatas 5,19.24-25)

Mas o que torna um homem impuro?
Jesus disse:
"Respondeu-lhes: Sois também vós assim ignorantes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode tornar impuro,
19. porque não lhe entra no coração, mas vai ao ventre e dali segue sua lei natural? Assim ele declarava puros todos os alimentos. E acrescentava:
20. Ora, o que sai do homem, isso é que mancha o homem.
21. Porque é do interior do coração dos homens que procedem os maus pensamentos: devassidões, roubos, assassinatos,
22. adultérios, cobiças, perversidades, fraudes, desonestidade, inveja, difamação, orgulho e insensatez.
23. Todos estes vícios procedem de dentro e tornam impuro o homem."
(Marcos 7,18-23)
A masturbação é um vício que torna o homem (no caso, o ser humano) impuro, porque é impossível que tenha bons pensamentos quando tem tais práticas. Por essa razão está intimamente associado ao vício da pornografia.
Mesmo entre os casais casados está errado, como comprova a passagem:
"3. O marido cumpra o seu dever para com a sua esposa e da mesma forma também a esposa o cumpra para com o marido.
4. A mulher não pode dispor de seu corpo: ele pertence ao seu marido. E da mesma forma o marido não pode dispor do seu corpo: ele pertence à sua esposa."
(I Coríntios 7,3-4)
Catecismo
"§2352 Por masturbação se deve entender a excitação voluntária dos órgãos genitais, a fim de conseguir um prazer venéreo. "Na linha de uma tradição constante, tanto o magistério da Igreja como o senso moral dos fiéis afirmaram sem hesitação que a masturbação é um ato intrínseca e gravemente desordenado." Qualquer que seja o motivo, o uso deliberado da faculdade sexual fora das relações conjugais normais contradiz sua finalidade. Aí o prazer sexual é buscado fora da "relação sexual exigida pela ordem moral, que realiza, no contexto de um amor verdadeiro, o sentido integral da doação mútua e da procriação humana".

Para formar um justo juízo sobre a responsabilidade moral dos sujeitos e orientar a acção pastoral, dever-se-á levar em conta a imaturidade afectiva, a força dos hábitos contraídos, o estado de angústia ou outros factores psíquicos ou sociais que minoram ou deixam mesmo extremamente atenuada a culpabilidade moral. "

Para se livrar do vício:
- Seja constantemente vigilante com seus pensamento, procure pensamentos puros, fuja da pornografia e de todo tipo de imagens ou leituras que possam estimular a imaginação nesse sentido.
-Evite periodos muito longos de ociosidade, dormir de dia, ficar sozinho(a) muito tempo, etc.
- Fuja das ocasiões de pecado. ("Se o pecado está à direita vá para a esquerda!" São Padre Pio)
-Exercite a virtude do alto domínio.
- Não dê ouvidos para pessoas que tem mentalidade mundana e consideram masturbação uma coisa normal.
- Busque a Santidade e a Castidade.
- Seja persistente, se cai, se confesse e volte a lutar!
-Tenha uma vida activa de oração. Através da oração Deus nos liberta de todo o mal.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro