Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 14 de março de 2013

'Tenho os pés no chão', diz Scherer após escolha de novo papa


O cardeal brasileiro dom Odilo Scherer, apontado antes do conclave como um dos principais favoritos para a eleição do papa, afirmou nesta quinta-feira que não havia entrado na Capela Sistina esperando ser eleito.
'Tenho os pés no chão', afirmou o arcebispo de São Paulo durante entrevista coletiva nesta quinta-feira ao lado dos outros quatro cardeais brasileiros que participaram do conclave.
Nas principais casas de apostas britânicas, o nome de Scherer aparecia na véspera do conclave como o segundo ou terceiro mais cotado entre os apostadores, enquanto o cardeal Jorge Mario Bergoglio, agora papa Francisco, não aparecia entre os dez favoritos.
'As cotações prévias foram todas para o espaço', brincou Scherer, para depois destacar que as previsões não tinham ligação com a realidade.
'Eu lhe pergunto: com que critério foram feitos esses cálculos? Foram cálculos humanos, mas a Igreja não é feita só de cálculos humanos', afirmou.
Ele afirmou ter enfrentado a pressão da imprensa antes do conclave com 'tranquilidade'.
'Sopro vital'
Durante a entrevista, Scherer elogiou a escolha do novo papa. 'Depois de 500 anos (da existência da Ordem dos Jesuítas), é um papa jesuíta, com coração franciscano', afirmou.
Ele brincou ainda ao dizer que na região da Patagônia, ao sul da Argentina, venta muito, e que a Igreja foi buscar seu 'sopro vital' num lugar distante como a Argentina.
Questionado se houve algum enfrentamento entre grupos de cardeais conservadores e progressistas durante o conclave, Scherer afirmou: 'Em nenhum momento identifiquei, tanto nas congregações gerais (reuniões pré-conclave) quanto no conclave, nenhum partido, de esquerda ou de direita'.
'O conclave ocorreu em clima de oração, de serenidade e de responsabilidade', afirmou.
Scherer afirmou ainda que não teve contato com seus familiares no Brasil durante o conclave e brincou que se eles tivessem participado da eleição, ele teria sido escolhido.
BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.
Postar um comentário

Planeta Brasileiro