Sejam Bem-Vindos!

"É uma grandiosíssima calúnia dizer que tenho revoltas contra a Igreja. Eu nunca tive dúvidas sobre a Fé Católica, nunca disse nem escrevi, nem em cartas particulares, nem em jornais, nem em quaisquer outros escritos nenhuma proposição falsa, nem herética, nem duvidosa, nem coisa alguma contra o ensino da Igreja. Eu condeno tudo o que a Santa Igreja condena. Sigo tudo o que ela manda como Deus mesmo. Quem não ouvir e obedecer a Igreja deve ser tido como pagão e publicano. Fora da Igreja não há salvação."
Padre Cícero Romão Batista

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Diocese de Palmares comemorou 50 anos de fundação com celebração presidida por Dom Giovanni d’Aniello


No último domingo, 23, em festa  de ação de graças, a Diocese de Palmares, 
na Mata Sul de Pernambuco,  comemorou 50 anos de fundação e instalação.
 

A Diocese de Palmares recebeu o representante diplomático da Santa Sé no Brasil, Núncio Apostólico, o Dom Giovanni d’Aniello, bispos e arcebispos do Regional Nordeste 2 (compostos pelos estados de Alagoas, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba) e de outros Regionais, o clero, o deputado Aluísio Lessa (PSB), natural da cidade, o prefeito e candidato a reeleição, José Bartolomeu, vereadores e toda comunidade católica para o encontro de comemoração do Jubileu de Ouro. 

As comemorações começaram pela manhã, às 10h, houve um encontro do Conselho Episcopal do Regional Nordeste 2 com a presença do Núncio Apostólico do Brasil. Ao 12h, em solenidade, foi hasteada da 5 bandeiras, sendo:  do Vaticano, pelo Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni d’Aniello; do Brasil, pelo Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido; de Pernambuco, pelo Arcebispo de Maceió, Antônio Muniz Fernandes; de Palmares, pelo Bispo de Caruaru, Dom Bernardino Marchió; e da Diocese de Palmares, pelo presidente da CNBB Nordeste 2 e Bispo de Palmares, Dom Genival Saraiva de França. Logo após, foi apresentada a Catedral, na qual, os engenheiros falaram sobre a recuperação depois da cheia que castigou a cidade em 2010.
Às 16h30, houve uma missa em frente à catedral, presidida pelo Núncio Apostólico, Dom Giovanni, durante sua pregação, afirmou trazer saudações afetuosas do papa Bento XVI e ressaltou a importância da data para a renovação da fé da comunidade católica. “É preciso fazer com que a igreja se comporte em contínua construção e restauração de ideias”, declarou o representante da Santa Sé.

Na ocasião, Dom Genival recebeu em surpresa, uma placa em agradecimento as suas ações na diocese, falou: “Es­te jubileu fala muito pela história da diocese e suscita muita esperança em todos nós”, ressaltou. “Vivo com alegria esse momento, que deve ser celebrado com um olhar histórico e religioso. É uma justa demonstração de respeito e admiração a uma instituição a serviço de Deus que sempre funcionou a favor do povo”. Ainda de acordo com Dom Genival: “Os trabalhos têm um ritmo de continuidade, as ações de evangelização empreendidas persistem e o que se acentua é a dimensão missionária da igreja”, explicou e reforçou o interesse da diocese, no momento atual, em primar pela questão da liturgia, da palavra, da celebração dos mistérios e da prática da caridade, tanto pela igreja quanto pelos leigos.
Durante a comemoração, também foi lembrado as ações pastorais de Dom Acácio Rodrigues Alves, 1º Bispo de Palmares. Dom Acácio foi bispo de Palmares durante 38 anos, entre 1962 e 2000. Logo apos  saída de Dom Acácio, o Papa João Paulo II nomeou Dom Genival Saraiva de França que assumiu a diocese dos Palmares em 28/10/2000.


Fonte: CNBB NE II
Postar um comentário

Planeta Brasileiro